InícioInício  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Raccoon City : City of the Death

Ir em baixo 
AutorMensagem
NTN

avatar

Mensagens : 30
Data de inscrição : 17/03/2008
Idade : 26

MensagemAssunto: Raccoon City : City of the Death   Qui Maio 22, 2008 1:12 am

Esta é uma história baseada em nos fatos que ocorreram entre os meses de Agosto e Setembro em Raccoon City.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
NTN

avatar

Mensagens : 30
Data de inscrição : 17/03/2008
Idade : 26

MensagemAssunto: Mistérios Envolvem Raccoon...   Qui Maio 22, 2008 1:14 am

Além de muitas outras pessoas na cidade de Raccoon City estarem lutando para sobreviver, Julio Hubert Basbosa, brasileiro de 22 anos, nascido e criado na cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro, havia acabado de chegar a Raccoon City exatamente um mês antes do incidente na cidade.

Ao chegar ao aeroporto da cidade, Julio se encontra com uma bela mulher.

Maria Knusdt, uma jovem Repórter de Raccoon. Tinha 21 anos, ela estava fazendo uma pesquisa para uma reportagem.

Júlio: -"Olá, como vai?"

Maria estranha, pois ela entendia, bem pouco, o português brasileiro.

Maria: - Olá, você é novo aqui na cidade?

Júlio: - Sim, eu sou!

Maria: - Hum... Então, seja bem vindo!

Júlio: - Muito obrigado...
Você é uma mulher muito bonita!

Maria: - Muito obrigada.
Você é muito simpático!
De onde você veio?

Júlio: - Eu vim do Brasil, fui nascido e criado no Rio de Janeiro...

Maria: - Hum, por isso que dizem que os brasileiros são muito simpáticos.

Depois de uma longa conversa, Marya se oferece à Julio para o mostrar a cidade.

Julio: - Tudo bem, então nos vemos amanhã, às 4 da tarde...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
NTN

avatar

Mensagens : 30
Data de inscrição : 17/03/2008
Idade : 26

MensagemAssunto: Re: Raccoon City : City of the Death   Qui Maio 22, 2008 1:15 am

Hoje, 28 de agosto, um dia ensolarado Júlio acorda com um memorável bom humor já que hoje é seu primeiro dia na cidade. E também por ter tido a sorte de conhecer logo neste primeiro dia de estada, uma mulher linda e importante na cidade.

Logo após seu banho matinal, pega seu telefone para chamar Mary, sua primeira e nova amiga da cidade.

Júlio: - Oh, olá Maria!
Lembra-se de mim?

Maria: - Claro, como poderia esquecer-me de uma voz tão sensual...

Júlio: - Hum... Sim, como poderia?
Já que não se esqueceu, porque não nos encontramos para conversarmos sobre eu, você e esta linda Raccoon City?

Maria: - Claro que sim. Te encontro em meia hora no Bar do Jack.

Júlio: - Tudo bem! Então, encontremos-nos lá!

(Júlio desliga o telefone)

Júlio: - Agora... Tenho um belo problema...
Onde será que fica esse bar do Jack?

Ainda de manhã, Júlio, ansioso para encontrar-se com Maria, ao sair da hospedaria onde havia passado a noite, se dá de frente com uma bela moça. Ela, com belos olhos verde-claros, um corpo escultural, curtos cabelos castanhos. Mas uma coisa lhe chamou mais atenção naquela mulher do que sua beleza: Sua expressão facial era como de quem estava indignada, como se houvesse sofrido uma terrível injustiça. Ela, aproximando-se dele, não desvia, pois pensava que Júlio iria fazê-lo, e os dois se esbarram, ela deixa cair um bolo de jornais que estava carregando, Júlio abaixa-se junto a ela e a ajuda a recolher os papeis jogados ao chão. Ao levantar lança um olhar fixo aos olhos da linda mulher de olhos verdes e percebe certo nível de euforia e preocupação. Júlio, querendo perguntar o que estava pensando, diz um curto: “Perdão”. A moça aceita suas desculpas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
NTN

avatar

Mensagens : 30
Data de inscrição : 17/03/2008
Idade : 26

MensagemAssunto: Re: Raccoon City : City of the Death   Qui Maio 22, 2008 1:16 am

Após afastar-se da bela moça se dá de frente com Maria.

Maria: - Oh, vejo que não demora muito para conseguir amizades!

Júlio: - Oh, não!
Eu somente estava me desculpando com aquela mulher por ter derrubado seus jornais.

Maria: - Hum... Então, vamos?

Júlio: - Vamos... Onde? Oh, sim!
Bar do Jack!
É que, como você sabe, sou novo na cidade e não sei onde ficam os lugares ainda...

Maria: - Eu entendo, por isso que eu estou aqui. Eu havia imaginado que você não saberia onde fica o Bar...
Mas... Não se preocupe, o Bar fica a dois quarteirões daqui.

Ao chegar ao Bar, Júlio nota que o lugar não estava muito cheio, então os dois poderiam conversar à vontade.

O tempo passa e os dois nem percebem. A noite chega, e com ela o frio gostoso de uma primavera americana. Júlio e Maria, após conversarem bastante sobre a vida e negócios, trabalho e amor, decidem passar mais um tempinho juntos.

Noite boa de primavera. Clima frio, corpos quentes.

29 de agosto, já outro dia de primavera em Raccoon, Maria acorda ao lado de Júlio em seu apartamento, ela sabia que havia bebido bastante, mas isso não a fez sair de si em optar por passar a noite com Júlio.

Júlio desperta e percebe que Maria não estava ao seu lado, vasculha o banheiro e a sala de seu apartamento, não a encontra.

-“Onde será que ela foi?”

Momentos depois ela entra pela porta e em suas mãos o Capuccino mais famoso da cidade.

-“Lembra-se, hoje nós vamos visitar a cidade já que eu estou em folga. Arrume-se logo, estarei te esperando lá embaixo no Hall.”

Logo após se arrumar e se encontrar com Maria no Hall, pegam um Táxi e vão a caminho da exploração da cidade.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
NTN

avatar

Mensagens : 30
Data de inscrição : 17/03/2008
Idade : 26

MensagemAssunto: Re: Raccoon City : City of the Death   Seg Jul 07, 2008 11:20 pm

Logo após se arrumar e se encontrar com Maria no Hall, pegam um Táxi e vão a caminho da exploração da cidade.

Maria: - Olhe, aqui é a entrada da cidade. Este é o Parque de Londsdale, daqui que nós vamos partir!
Olhe à esquerda, esta é a estátua do prefeito da cidade Michael Warren.

(Tempo depois)

Olhe, este é o departamento policial de Raccoon City, onde temos os melhores e mais organizados policiais dos Estados Unidos da América.

Após horas de excursão pela cidade, os dois param em um restaurante famoso na cidade, o Grill 13.

Maria: - Olhe, Júlio tem uma coisa que eu não lhe contei sobre os policiais de Raccoon City.
Sei que você é novo na cidade e não vai entender muito.

Júlio: - Pode dizer!

Maria: - Há alguns meses os dois batalhões de elite da cidade, os S.T.A.R.S. saíram para investigar uns acontecimentos estranhos nos arredores da cidade, Mas muitos dos membros sumiram. Os que retornaram foram afastados de seu cargo por espalhar uma história medonha sobre Umbrella Corporation.

Júlio: - Umbrella?... O que é isso?

Maria: - Umbrella Corporation é a maior empresa dos EUA. É ela quem financia a cidade.

Júlio: - Hum... Mas, Que história foi essa que os policiais inventaram?

Maria: - Não foram reveladas muitas informações sobre o caso, mas sabemos que foi algo sobre experiências genéticas e armas virais.

Júlio: - Armas virais?... Mas isso não é proibido aqui?

Maria: - É sim, foi por isso que os membros foram afastados.
Júlio: - Mas, se não é verdade as histórias supostamente inventadas sobre a Umbrella, onde estão os outros membros dos S.T.A.R.S.?

Maria: - Isso é um mistério... Mas os dois membros que retornaram disseram que todos haviam morrido por causa dessas armas virais.

Júlio: - E quem são eles?

Maria: - Dois dos melhores e mais importantes membros:
Chris Redfield e Jill Valentine.

Júlio: - E onde eles estão?

Maria: - Eu ouvi Rumores de que Chris havia saído da cidade. Já Jill, ninguém sabe onde ela está. Eu creio que ela ainda está na cidade.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
NTN

avatar

Mensagens : 30
Data de inscrição : 17/03/2008
Idade : 26

MensagemAssunto: Re: Raccoon City : City of the Death   Seg Jul 07, 2008 11:21 pm

Júlio: - Sabe o que eu acho?
Isso está muito estranho... Como esta história não tem nenhum sentido se membros dos S.T.A.R.S. desapareceram?

Maria: - Isso é o que eu acho!
Eu sempre suspeitei dessa Umbrella!

Após muito tempo conversando sobre esses acontecimentos na cidade, os dois vão para casa e dormem.

No dia seguinte Júlio decide ir ao Hospital de Raccoon para saber mais sobre os avanços tecnológicos da medicina de Raccoon City.

Ao chegar ao Hospital vê que o lugar não estava muito cheio. Após a visita e de conversar com o diretor do Hospital, vai visitar os quartos e ao passar pela sala de quarentena espia pela pequena janela, ele leva um grande susto com uma pessoa toda deformada e tendo ações de um louco mental, se debatendo e arrastando os dentes uns nos outros.

-“TENHA CUIDADO!”

Júlio leva um susto. Uma enfermeira do lugar lhe chama a atenção.

- Não devia ficar andando por aí sozinho! Esta é uma área restrita!

Júlio: - Me desculpe eu só estou de visita. Eu sou pesquisador da área biológica.

Enfermeira: - Menos mau...

Júlio: - Se você puder me dizer uma coisa, eu ficarei grato.
O que está pessoa ali dentro tem?

Enfermeira: - Nós não sabemos... No início achávamos que ele era um canibal, mas depois vimos que ele tem um grande retardo mental, por isso que ele come carne humana.

Júlio: - Muito obrigado pela informação. Agora eu tenho que ir, pois tenho um compromisso importante.

Júlio ficou impressionado com aquele homem louco na camisa de força todo deformado.

Dias depois Júlio retorna ao Hospital, diferentemente do primeiro dia, o lugar estava muito cheio pessoas agonizando no chão e nas poltronas da recepção.

Júlio: - O que é isso?

Ele pede uma informação a recepcionista.

- Me desculpe! Eu estou muito ocupada!

Júlio tenta conversar com um enfermeiro.
- Meu senhor, eu não sei o que está havendo aqui, estes ferimentos parecem ser mordidas de um animal!

Júlio: - Meu Deus! O que está havendo aqui?

Júlio, já saindo do hospital ouve um grito:

- SOCORRO! SOCORRO! UM HOMEM ARRANCOU MEU BRAÇO! ALGUÉM ME AJUDE!

Júlio ajuda a mulher entrar no hospital.

Júlio: - O que houve senhora?

- Um homem maluco me mordeu, arrancou meu braço e ficou devorando-o.

Júlio: - Deus do céu!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
NTN

avatar

Mensagens : 30
Data de inscrição : 17/03/2008
Idade : 26

MensagemAssunto: Re: Raccoon City : City of the Death   Seg Jul 07, 2008 11:21 pm

Júlio decide ir ao Departamento de Polícia para informar o caso. Ao chegar à recepção do R.P.D. conversa com uma mulher loira e pede para poder informar o caso ao chefe da delegacia para que ele pudesse tomar alguma iniciativa sobre isso.

Mas antes de falar com o chefe ele é encaminhado a falar com Marvin Branagh.

Marvin: - O que você acha que o fez arrancar o braço de uma pessoa?

Júlio: - Eu não faço a mínima idéia.
Talvez ele seja um canibal ou algo do tipo!

Marvin: - Hum... Então eu vou tomar algumas providências sobre este caso.

Júlio: - Mas isso não é o único caso!
Há outras pessoas que afirmam que tem pessoas as atacando a fim de devorar partes de seus corpos!

Marvin: - Isso é muito estranho...

Júlio: - Eu sei.
Olhe, eu sou novo na cidade, mas já sei de algumas histórias que aconteceram aqui na cidade...

Marvin: - Isso é assunto confidencial não fique comentando por aí!

Júlio: - Mas eu somente sei o que me contaram.

Marvin: - Olhe... O seu tempo acabou. Me contacte se houver mais algum caso destes ou algum crime. Obrigado.

Júlio sai da delegacia e vai a caminho de sua casa, pois ele estava muito cansado.

(Dias depois)

26 de Setembro, Júlio e Maria já moram juntos há dez dias.

Júlio desperta com um barulho forte que havia vindo do outro lado da janela.

Júlio: - O que foi isso?

Maria vem correndo e faz a mesma pergunta pensando que Júlio havia deixado algo cair e quebrar-se.

Júlio: - Eu não sei. Veio de lá de fora!

Júlio olha pela janela e vê um grupo de menos de 15 pessoas andando de batendo em carros e atacando outras pessoas.

Maria: - Oh, meu Deus!

Júlio: - Não se desespere Maria eu vou ligar para a Delegacia e falar com o Oficial Branagh.

(Ao Telefone)

Júlio: - Oficial Branagh, novamente há pessoas atacando, mas agora são mais de 10 de uma vez só!

(Maria, assustada interrompe o telefonema)

Maria: - Júlio, eu não quero ficar aqui!

Marvin: - Eu vou mandar uma viatura para aí imediatamente!

(Júlio desliga o telefone)

Júlio: - Tudo bem amor, vamos sair daqui!

Maria: - Vamos para a delegacia talvez lá não haja essas coisas...

Júlio e Maria chegam à delegacia, lá se encontram com o Oficial Branagh.

Marvin: - Tudo certo, eu já enviei uma viatura para o local.

Júlio: - Então está bem!

Neste momento o rádio transmissor chama Marvin.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
NTN

avatar

Mensagens : 30
Data de inscrição : 17/03/2008
Idade : 26

MensagemAssunto: Re: Raccoon City : City of the Death   Seg Jul 07, 2008 11:24 pm

Marvin: - O QUÊ?
Então podem abrir fogo!

(Fim da transmissão do rádio)

Marvin: - Não se assustem, precisávamos abrir fogo, mas agora creio que a situação já está sob controle.

Após a breve afirmação de Marvin o Transmissor chama-o novamente.

Marvin: - O quê?
Evacuar agora!

A transmissão começa a falhar e Marvin desliga o Rádio.

Júlio: - O que houve?

Marvin: - Estão surgindo mais Canibais!

Neste momento chega à Delegacia Brad Vickers um oficial dos S.T.A.R.S.

Brad: - O que vocês estão fazendo?
Vão ficar aí parados enquanto as pessoas estão sendo atacadas por aqueles monstros?

(Ninguém se manifesta diante da exclamação de Brad)

Brad: - Tomara que todos morram somente por não acreditar na Jill e no Chris!

Júlio: - Oficial! Então são verdades todas aquelas histórias sobre a Umbrella, por isso o sigilo sobre o caso!

Marvin: - Mas eu não sei de nada, somente não acreditei na história de Jill!

Maria: - Então creio que o chefe da delegacia sabe, não?

Logo o telefone de Marvin toca.

Marvin: - Sim, senhor!
Farei sim, Chefe!

(Marvin desliga o telefone)

Júlio: - Com quem você estava falando?
Era com o Chefe?
Era?!

Marvin: - Agora não posso conversar tenho que fazer uma coisa!

(Marvin se retira)
Brad: - Aposto que Brian pediu-lhe para Marvin protegê-lo!

Júlio: - E esse Brian é o chefe deste lugar?

Maria: - É sim!
Brian Irons é o chefe do R.P.D.

Brad: - E você é a repórter do Jornal das Oito, né?

Maria: - Sim, eu sou!

Brad: - Hahaha... Acho melhor você encontrar emprego em outro lugar!

Júlio: - Então essa história de zumbis era verdade?

Brad: - Não era... É!
E agora não há escapatória. Eles estão lá fora somente esperando alguém para devorar vivo!
Vocês não têm a mínima idéia do que eu vi lá na mansão de Arklay!
Guardem o que eu vou dizer agora!
ISSO É SÓ O COMEÇO DESTE PESADELO!

Brad corre e sai pelas portas dos Hall.

Júlio chega para trás, senta-se no chão e se põe a rir.

Júlio: - Rsrsrsrsrs... Ao vir para esta cidade, eu não imaginava o que estaria me esperando. Agora que eu descobri, me arrependo de ter vindo para cá.
Ao chegar, logo conheci você e imaginei que a minha vida aqui iria ser incrível. Agora ela está assustadora!

Maria: - Júlio jure que não se afastará de mim em nenhum momento enquanto nós estivermos aqui!

Júlio: - Prometo que vou te proteger. Mesmo que custe a minha vida!

Maria dá um leve sorriso.
Neste momento a recepcionista cai no chão debatendo-se.

Júlio: - Essa não! Ela é uma daquelas coisas!

Logo o policial que a socorreu diz que ela sofria de uma doença grave no coração.

Júlio desconfiado fica observando o policial assistindo a mulher com primeiros socorros.

Policial: - Ela morreu...

Todos lamentam.

Maria dá um grito:

-CUIDADO!

A mulher que havia morrido agarra-se à perna do policial que havia tentado reanimá-la e o derruba com uma mordida que havia rompido o tendão da perna direita. A mulher começa a morder o pescoço do policial.

Júlio corre para socorrê-lo, mas era tarde demais.

O chão coberto de sangue, Júlio e Maria correm para dentro da sala de Marvin Branagh.

Ao passar por uma mesa, Maria vê um bilhete que dava boas vindas a um policial.

“Tenho pena deste homem que mal chegará à cidade já vai se deparar com esta situação”
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Raccoon City : City of the Death   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Raccoon City : City of the Death
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Resgate da Fé em Gung City: o sacrifício imediato!
» Lilycove City
» O Teste - Um louco em Nyender city
» Hearthome City
» Mansão Mal-Assombrada e Dungeon City

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fan Hazard Fórum :: FanHazard :: FanOuthers-
Ir para: